Total de visualizações de página

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Soneto I - O encontro cósmico da estrela cadente.



Passei por ti e cai extasiada, és droga ilícita!
Somos átomos recombinados neste universo
A colisão estelar de radiação explícita,
Química expressiva de nosso ser diverso.     

Apenas deseje e sinta, logo nos tornaremos um
Deixe teu rastro, ó mente aguçada de anseio.
Nós fugiremos desvairados, para lugar nenhum
E a meia luz nos encontraremos, em afogueio!


                                                                                       
                                                                                       Para ele...